OENOTANNIN SAF OENOGAL

O emprego de OENOGAL, em vinificação, baseia-se no poder antioxidante dos taninos gálicos e na sua capacidade de inibição das enzimas oxidativas. É, portanto, recomendado o seu uso em vindimas botritizadas.

Vinhos mais estáveis oxidativa e proteicamente.

Tanino puro, de bugalhos de carvalho, com uma pureza de 96%, extraído pelo álcool.

  • Em vinificação de uvas botritizadas, durante a fermentação de mostos ricos em proteínas.
  • Na clarificação de vinhos brancos e rosados.
  • Doses: 2-20 g/hL.