Smartfeed Vinha

O ciclo nutricional da vinha é entendido como uma visão a 3 anos: o atempamento do primeiro ano condiciona diretamente a vegetação, produção e atempamento do segundo, e este a produção do terceiro.

As necessidades do solo e da planta variam com o objetivo de produção, a cepa trabalha de forma diferente se lhe pedirmos uma Tinta Roriz de 8 tn/ha para um perfil ligeiro de fruta fresca que se lhe pedirmos 5 tn/ha de um perfil concentrado de fruta madura.

Três simples análises ajudá-lo-ão a entender melhor a sua vinha e planear de forma eficaz e sustentável a sua nutrição:

  • Análise de solos (a cada 5 anos): para conhecer a disponibilidade de nutrientes e como se movem no solo.
  • Análise de sarmentos: avalia as reservas disponíveis para o início do ciclo vegetativo do ano seguinte.
  • Análise de peciolos em estado H: instantânea, para abordar com êxito a floração e o vingamento.

Com estes dados e o objetivo de produção ajudamo-lo a planear a nutrição da vinha:

  • Trabalho do solo com sólidos no outono e inverno, para conseguir um equilíbrio estável a longo prazo.
  • Fornecimentos foliares com líquidos na primavera, como apoio, correções adaptadas à climatologia ou perfis de estilo de uva.
COMO ESCOLHER A NUTRIÇÃO DE OUTONO/INVERNO (AÇÃO SOLO)
Objetivo agronómico Corretores Orgânicos Adubos Orgânicos Adubos Organiminerais Adubos Minerais Objetivo de vinho
Mantenha o nível de Organic Mat. e melhore o complexo de argila húnica 3 1 a 2* 1 a 2* 0 Sustentabilidade da vinha
Melhorar a estrutura do solo e a retenção de água 3 1 a 2* 1 a 2* 0 Maturação
Estimular a atividade microbiana do solo 3 3 1 a 2* 1 Desempenho e qualidade
Libertar nutrientes frágeis: P e elementos de traço 3 3 1 a 2* 0 Equilíbrio
Aumentar as reservas minerais do solo 1 2 3 3
COMO ESCOLHER A NUTRIÇÃO DE OUTONO/INVERNO (AÇÃO PLANTA)
Objetivo agronómico Enmiendas Orgânicas Adubos Orgânicos Adubos Organiminerais Adubos Minerais Objetivo de vinho
Fornece elementos nutricionais N, P, K, Mg e elementos de traço 1 3 3 3 Rendimento
Nutrição completa, equilibrada e gradual 2 3 2 a 3** 1 Maturidade
Alimentação N sustentada sem risco de deslizamento de terra 2 2 2 a 3** 1 Perfis de frutas frescas, N alto
Fortalece as defesas naturais da videira 3 3 1 a 2** 0 Saúde
Melhoria geral da qualidade: acidez, ATT, GAP, Nass... 3 3 1 a 2** 1 Uva equilibrada
* ação importante se houver uma elevada % de matéria vegetal
** ação importante em função da qualidade dos elementos orgânicos
*** ação importante se a % de N orgânico de origem vegetal for elevada.

Corretores orgânicos: efeito húmus

O que são? Matérias orgânicas vegetais fermentáveis compostadas, húmus ativo.

Para que servem? Estimulam a atividade microbiológica do solo, regeneram o complexo argilo-húmico, melhoram a textura e a retenção de água, libertam nutrientes de forma gradual e reforçam as defesas naturais da cepa.

Quando se aplicam? Do final do outono a meio do inverno.

Sabia que? HÚMUS ativo por Tonelada
RICHUMUS 550 KG
ESTERCO DE VACA 75 KG
ESTERCO DE OVELHA 150 KG
Richumus

Richumus 1,8/0,5/0,7

Corretores orgânicos

Aumenta o húmus da vinha.

Comprar
Vegethumus SD R 090101

Vegethumus SD R 2.2/1,5/1 +2Mg

Corretores orgânicos

Húmus ativo e estimulação radicular

Comprar

Adubos orgânicos

O que são? Matérias orgânicas vegetais e animais sobre uma base de composto vegetal.

Para quê? Aumentar o teor em húmus do solo e estimular a sua atividade microbiana. Aumenta as reservas de minerais e oligoelementos, e alimenta a cepa de forma gradual e sustentável, sem risco de perda por lixiviação. Reforça as defesas naturais da videira e melhora a sua produção e capacidade de maturar.

Quando? Durante o inverno.

Orga 2 2/2/5 +3

Orga 2/2/5+3Mg

Adubos orgânicos

Manutenção húmica dos solos.

Comprar
Orga 3/2/3+3Mg

Orga 3/2/3+3Mg

Adubos orgânicos

Ativa a fertilidade natural dos solos e o equilíbrio fisiológico das plantas.

Comprar
Orga 6/3/3+3Mg

Orga 6/3/3+3Mg

Adubos orgânicos

Reativação biológica com enriquecimento em N de disponibilidade progressiva

Comprar

Adubos organominerais

O que são? Matérias orgânicas vegetais e animais com um complemento mineral, formulados sobre uma base de composto vegetal.

Para quê? Estimular la atividade microbiana. Aumentar as reservas de minerais e oligoelementos, alimentando a cepa de forma completa, equilibrada e gradual.

Quando? De meio do outono ou de final de inverno até ao princípio da primavera.

Abonos órgano-minerales (67)

Guanor 3/6/12

Adubos organominerais

Ativação biológica enriquecida em K, grau e concentração.

Comprar

Formulações nutricionais líquidas

O que são? Adubos líquidos para aplicação via foliar ou em gotejamento, de ação rápida e específica em função da sua composição.

Para quê? Para corrigir carências de forma imediata, para adaptar-se à climatologia do ano, para apoiar perfis concretos de vinho ou como apoio a um trabalho de revitalização geral da vinha.

Quando? Do estado E (folhas estendidas) até à mudança de cor das uvas, em função do objetivo.

Outros temas relacionados

Solo vivo

Para sustentar e alimentar as cepas, o solo funciona como uma fábrica de reciclagem onde é necessário um equilíbrio operacional para o manter a funcionar.

Mais informações

Videira activa

É importante fornecer-lhe as ferramentas necessárias para completar o trabalho que lhe pede: a uva que deseja para o seu vinho e nenhuma outra.

Mais informações