ARTÍCULOS CON CATEGORÍA Estágio

BLOG (10)

COMO POTENCIAR A FRESCURA DOS VINHOS ATRAVÉS DO ESTÁGIO

De | Adega, Estágio | Sin comentarios

O madeira pode ser, tanto aliado, como inimigo da frescura: aliado porque pode diretamente proporcionar ou simplesmente expressar e proteger, e inimigo porque pode inibir a sua expressão ou mascará-lo totalmente. O tipo de carvalho, o seu formato, trasfegas, enchimentos de pipas, as torragens e os momentos em que é utilizado determinarão a sua participação na frescura do vinho. Leer más

BLOG (3)

EXPRESSÃO DE FRESCURA NA ADEGA, Que fruta temos? Que fruta queremos?

De | Adega | Sin comentarios

Após a análise e as correspondentes ações realizadas na vinha obter a frescura nos vinhos, entramos na expressão da frescura na adega.

Em cada uma das etapas da produção, a medição é essencial para otimizar a estratégia a seguir, uma vez que muitos são os fatores que influenciam a frescura do vinho. Leer más

BLOG

A FRESCURA DO VINHO, do cacho ao copo

De | Adega, Vinha | Sin comentarios

A moda dos vinhos frescos deixou de ser moda para se tornar uma tendência, cada vez mais os consumidores procuram elegância, persistência e frescura acima de tudo. Leer más

BLOG (1)

COMO GANHAR €€€€ E MANTER A COMPONENTE FRUTA DOS VINHOS?

De | Adega, Estágio | Sin comentarios

CRIAR tr. dar origem, alimentar e educar um ser vivo até ao seu completo desenvolvimento.
Uma criança, um cavalo, uma orquídea, um vinho… o resultado final no seu estado adulto é sempre proporcional à atenção e cuidado investidos.
Alguma vez se questionou o porquê de alguns vinhos manterem a componente fruta e outros a perdem durante o período em barrica e/ou em garrafa?
A resposta é mais simples do que aparenta. Leer más

BLOG

CONVIVER COM A BRETT

De | Adega, Microbiología | Sin comentarios

De entre todas as alterações microbiológicas que pode sofrer um vinho, a produção de etil-fenóis pelas Brettanimyces bruxellensis, é sem dúvida, uma das maiores preocupações de todos os enólogos e uma das mais indesejadas pelos consumidores. Geralmente descreve-se em prova como aromas animais, couro, suor de cavalo, estábulo, palha molhada, feno… e em boca é caracterizada por ter uma sensação mais ou menos intensa de secura. Além disso, embora estes compostos estejam abaixo do limiar de perceção, a sua presença está envolvida na redução da intensidade dos aromas a fruta.

Brettanomyces bruxellensis é um ascomiceto da ordem Saccharomycetales muito próximo filogeneticamente às Saccharomyces cerevisae. Além de produzir estes indesejáveis aromas, pode estar envolvida também no aumento da acidez volátil (produção de ácido acético) ou no aparecimento de aromas a sabão (ácido dodecanoico) ou, os conhecidos “mousy-off-flavores” (tetrahydropyridinas). É frequente referir-se à sua presença no vinho como “Brett”.

Leer más

BLOG

NESTA PARAGEM EU NÃO BAIXO

De | Adega, Vinificação | Sin comentarios

Estamos na reta final da vindima de 2020, onde nestas últimas semanas temos vivenciado o que para qualquer enólogo é a “salsa” do nosso trabalho. Os nervos iniciais são sempre palpitantes, com os controlos de maturação, estimativas de vindima, planificações, estratégias de elaboração, etc., a revelar uma importância notável, e sempre com a visão no triunfo dos vinhos e no seu mercado.

No final das vindimas iniciam outro tipo de nervosismos, com as temidas paragens de fermentação, que, uma vez mais de uma vez, nos retiram horas de sono. Onde 2020 não foi diferente dos outros anos.

Leer más